Home Notícias Setor de Serviços condecora Ihoshi como ‘Parlamentar do Ano’

Setor de Serviços condecora Ihoshi como ‘Parlamentar do Ano’

Atuação do deputado em fomento à economia foi fundamental para reconhecimento

A Central Brasileira do Setor de Serviços (CEBRASSE) concedeu ao deputado federal Walter Ihoshi (PSD/SP) o Prêmio CEBRASSE de Destaque Parlamentar do Ano. A honraria foi concedida durante na o evento de fim de ano realizado pela entidade para reconhecer o trabalho de personalidades que contribuíram com ações benéficas aos seus profissionais e empresas. Ihoshi teve o reconhecimento pela sua atuação na Câmara dos Deputados com trabalhos que fomentaram o desenvolvimento do Setor de Serviços, inclusive, a economia nacional, gerando renda e ajudando na desburocratização para a criação de novos empregos.

“Sempre digo que o trabalho de um deputado vai muito além da apresentação de emendas. Ele precisa estar sempre atento às necessidades da população e dos setores produtivos, porque sem eles a economia não funciona e todos sofrem com a perda de empregos e renda”, justificou Ihoshi. o parlamentar também fez lembrou que a CEBRASSE reúne “federações, sindicatos e associações do Setor de Serviços, que são responsáveis por 50.000 empresas, geram 10 milhões de empregos e movimentam mais de 70% do PIB do Brasil”.

Todos os anos, a entidade destaca profissionais e entidades que contribuíram para o fortalecimento da prestação nacional de serviços, escolhidos por membros da instituição que reúne cerca de 80 entidades patronais, entre federações, sindicatos e associações de quase 30 segmentos no país. Além de Ihoshi, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM/RJ), a senadora Ana Amélia Lemos (PP/RS), além de outros parlamentares e jornalistas também foram homenageados.

Em discurso, o presidente da entidade, João Diniz, destacou que os homenageados são os protagonistas pela retomada do crescimento econômico no país. “Este prêmio trata-se do reconhecimento público das coisas que aconteceram de bom em 2017. Posso citar aqui a terceirização, que revolucionou a forma de produção e colocou o Brasil em pé de igualdade com as grandes economias mundiais, e a Reforma Trabalhista, que tirou entraves à produtividade e à produção do mercado”, declarou.

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), entre janeiro e agosto de 2017 foram criados 61.116 novas vagas, o que demonstra recuperação do setor em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram perdidos 40.310 empregos.

Veja Também
.

Sugestão

Ihoshi discute mudanças do cadastro positivo com Banco Central

Nesta quarta-feira (29), o deputado federal Walter Ihoshi (PSD/SP) foi recebido na sede do…